Bolsonaro: ‘Politica de fechar tudo e ficar em casa não deu certo’

Em inauguração de ponte no Nordeste, presidente voltou a insistir no fim do confinamento como medida sanitária contra covid.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (28), durante inauguração de obra no nordeste, que “a política de fechar tudo e ficar em casa não deu certo” e que “se envergonharia” se fosse um dos brasileiros que não pudessem trabalhar para levar o sustento para casa.

“O apelo que faço eu faço todos aos governadores. É a minha opinião, apenas. Não estou dizendo se está certa ou errada. A política de fechar tudo e ficar em casa nao deu certo! O povo brasileiro é forte. O povo brasileiro nao tem medo do perigo. Nós sabemos quem são os mais vulneráveis: os mais idosos e os com comorbidades. O resto tem que trabalhar”, disse.

Bolsonaro participou, junto a ministros e outros políticos da região, da abertura de tráfego da nova ponte sobre o Rio São Francisco. A via está localizada na BR-101 e liga os estados de Sergipe, pela cidade de Propriá, a Alagoas, no município Porto Real do Colégio.

“Meu pai sempre me ensinou: se coloque no lugar das pessoas antes de tomar uma decisão. Se eu fosse um dos muitos de vocês que fosse obrigado a ficar em casa, ver a esposa com três, quatro filhos e eu não ter como, [sendo] chefe do lar, levar comida para casa, eu me envergonharia”, disparou o presidente. (R7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *