Clientes fazem doações e salvam sorveteria atendida por pessoas com síndrome de Down

A gente vem conhecendo histórias de comércios que passam por dificuldades nesta pandemia. O ano de 2020 não está sendo fácil, mas com a ajuda e solidariedade das pessoas, tudo se transforma.

E esse foi o caso da Howdy Caseiro, uma sorveteria super charmosa, que fica em Dallas, no Texas (EUA). Por lá, além de sorvetes que devem ser saborosos, os funcionários são mais que especiais: todos possuem síndrome de Down.

Coleman Jones, um dos proprietários da sorveteria, trabalhou muito para conseguir montar seu próprio negócio. Além das dificuldades comuns, que todo mundo passa ao iniciar um empreendimento, ele ainda precisou enfrentar o preconceito sobre sua síndrome.

E Coleman tentou várias estratégias para não fechar nessa pandemia. Foi quando ele teve a iniciativa de abrir uma vaquinha no site Gofundme e pedir ajuda a amigos, familiares e pela internet.

Coleman e o sócio, Tom Landis, torciam para que a vaquinha arrecadasse algum valor. Eles só não esperavam que fosse tanto. Em poucos dias, as doações chegaram a 100 mil dólares (cerca de R$ 500 mil).

Esse valor é mais que suficiente para Coleman e Tom manterem a sorveteria aberta por um bom tempo.

Após a notícia ser veiculada em um canal de televisão local, Coleman, Tom e toda a equipe da Howdy Caseiro se tornaram populares.

E essa popularidade também rendeu mais vendas. Os sócios ainda chamaram a atenção de Marcus Lemonis, um empresário e apresentador, que doou mais 50 mil dólares para a sorveteria.

Agora Coleman, Tom e seus simpáticos funcionários podem ficar descansados! Eles não apenas estão vendendo super bem, como também se tornaram celebridades locais.

(Razões Para Acreditar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *