Enfermeira é vacinada contra o coronavírus 15 minutos depois de se casar

Sem poder desmarcar nenhum dos compromissos, profissional da saúde saiu do cartório e foi vestida de noiva receber a primeira dose da CoronaVac no hospital em que trabalha.

A enfermeira Patrícia Silva Santos, de 30 anos, se casou no mesmo dia em que foi vacinada contra a Covid-19, em Goiânia. A profissional da saúde se casou às 10h40 desta sexta-feira (29) e recebeu a primeira dose da CoronaVac cerca de 15 minutos depois. Sem poder desmarcar nenhum dos compromissos, a enfermeira saiu do cartório e foi vestida de noiva ser vacinada no hospital em que trabalha na capital.

“Eram as duas coisas que eu mais queria. Foi o melhor dia da minha vida”, disse.

A enfermeira é coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Acidentados e trabalha diretamente com pacientes com coronavírus. Ela contou que, desde o início da pandemia, orava todos os dias para que os cientistas conseguissem produzir uma vacina contra a doença.

“Tantos paciente que perdi, inclusive, muitos com 30 anos de idade, bem novos. Presenciei famílias inteiras internadas na UTI. Foi um ano difícil. Muito sofrimento. Temos uma luz no fim do túnel com a vacina”, contou.

A cerimônia com festa estava marcada para outubro do ano passado, mas ela e o noivo, Fábio Macedo de Alquino Filho, de 26 anos, tiveram de cancelar por causa da pandemia. Sem previsão de quando poderiam fazer a cerimônia, ela agendou, no dia 12 de dezembro de 2020, o casamento apenas no cartório para esta manhã.

Ela só soube do horário que deveria ser vacinada na última segunda-feira (25). Segundo Patrícia, apesar de estar de folga por causa do casamento, ela não podia alterar a data da vacinação.

“Foi coincidência. Me ligaram para avisar sobre a vacina que era quase no mesmo horário do casamento e fiquei desesperada pensando no que faria. Pedi autorização para ir direto do casamento para o hospital para dar tempo. Fui de noiva e tudo”, conta.

E não foi só ela que se imunizou. Fábio é técnico em radiologia e recebeu a primeira dose da vacina na quarta-feira (27), no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). O casal, que conseguiu tirar uma semana de folga, agora tem vários motivos para comemorar e curtir a lua de mel.

“Agora vamos comemorar as duas conquistas. Realizei dois sonhos, ser vacinada e e me casar”, disse a noiva.

Patrícia Silva Santos e o noivo Fábio Macedo De Alquino Filho, em Goiânia — Foto: Fernando Diniz/Arquivo

(G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *