Prefeitura de Ibaté está com inscrições abertas para oficina de Cinema

tividade será realizada em parceria com a Poiesis Organização Social de
Cultura – Programa Oficinas Culturais

A Prefeitura de Ibaté está com inscrições abertas para a Oficina de
Interpretação para Cinema, que será oferecida em parceria com a Poiesis
Organização Social de Cultura – Programa Oficinas Culturais.
As inscrições vão até o dia 10 de novembro e podem ser realizadas no
Centro de Formação Artística “Anna Ponciano Marques”, conhecido como
Centro Cultural, mesma data em que se iniciam as aulas, que acontecerão
aos sábados, das 9h30 até ás 18h30.
São 20 vagas e a seleção de alunos será por ordem de inscrição, para
maiores de 16 anos, sendo no próprio Centro de Formação Artística, com
coordenação de Bruno Costa e Éder Souza Dos Anjos
A oficina tem por objetivo aprimorar o trabalho do ator para o vídeo e
cinema e municiá-lo tecnicamente, através da construção, gravação e
análise de cena.
O prefeito José Luiz Parrella (PSDB) destaca a conquista de mais um
curso cultural para o município, o qual contribui para que os jovens se
mantenham ocupados. “Estamos sempre em busca de novas atividades para a
população, conseguimos mais um de cunho cultural e artístico, com isso
os nossos jovens ficam com a cabeça ocupada com coisas boas, longe da
criminalidade. Essa oficina também vem de encontro com o que queremos,
oferecer oportunidades aos jovens”, observou.

Mini currículo

BRUNO COSTA é formado em jornalismo pela PUC MG. Já na universidade,
dirigiu e roteirizou o curta Dia 36, premiado no festival da PUC e de
Belo Horizonte como melhor filme e melhor fotografia. Como ator,
trabalhou com Antunes Filho, José Wilker, Rubens Rusche, Maria Clara
Machado, José Possi Neto de quem foi também assistente de direção.
Foi ator de novelas (Sinhá Moça, Celebridade, Torre de Babel), séries e
comerciais. Como preparador de elenco, foi assistente de Fátima Toledo e
coordenador do Studio Fátima Toledo. Já em carreira solo, preparou os
vários longas e séries tais como: “Luneta do Tempo” de Alceu Valença,
“Meu Pé de Laranja Lima” de Marcos Bernstein, “Mundo Cão” de Marcos
Jorge, “Pequeno Segredo” de David Schurmann, “Death Corner” de Fredéric
Berthe(França), serie da Studio+. “História da Luta” com Marcos Jorge,
serie inédita produzida pela Academia de Filmes. “A Volta” longa
metragem de Ronaldo Uzeda. “ Expedição Oriente, de David Schurmann,
codireção de locução. Dirigiu “Deus e o Cachorro”, baseado na peça
homônima de Lourenço Mutarelli, com Fernando Alves Pinto, Charles
Paraventi, Carolina Oliveira e Daniel Torres.
Dirigiu juntamente com Silvio Guindane o curta metragem 120 horas ainda
inédito. Dirigiu o Clip “Chico Bolacha” de Thiago Romaro ainda em fase
de edição. Foi preparador e AD de diversos filmes publicitários na
Killers, Sagaz Filmes, Academia de Filmes, Paranoid, Zeppelin, Dream
Box, etc… Escreveu o livro de contos “Ovos Cozidos” lançado em 2017 pela
Editora Chiado, cuja série de animação se encontra em fase de produção
com estreia prevista para 2019.
EDER DOS ANJOS é Formado pelo teatro escola Macunaíma e Estúdio Fátima
Toledo. Participou de treinamentos e pesquisas sobre o trabalho do ator
com Luiz Carlos Laranjeiras, Luiz de Teixeira, Wanderley Martins, Celso
Frateschi, Chico de Assis, Diego Moschovich, Bruno Costa, José Fernando
Peixoto, entre outros. Atualmente faz parte do elenco “Canção Indigesta”
do Engenho Teatral com a direção de Luís Carlos Moreira. Integrou a Cia
Maracujá Laboratório de Artes, nos espetáculos “ Rabisco um cacho
perfeito” e “Buraco do Muro” ambos com direção de Sidnei Caria e “SPon
SPoff SPend” com direção de Fernando Escrish.
No Coletivo dos Anjos integra os espetáculos “Sobre Meninos e Pipas” a
partir da obra de Bertold Brecht ( Aquele Que Diz Sim) com direção de
Karen Menatti, “ Ser Tão Seco Uma Rapsódia Graciliana em um ato e uma
Andança” a partir da obra de Graciliano Ramos (Vidas Secas) com direção
de Luiz Carlos Laranjeiras e “Estudo cênico A Gaivota” inspirado no
texto de Anton Tchecov com direção de Diego Moschovich. No cinema
trabalhou com: Marcos Jorge em “Mundo cão” 2015; Renata Sette em
“Antrhopos” 2015; Frederic Berthie “Death Corner” 2016; Bruno Costa
“Deus e o cachorro” 2017 e Ronaldo Uzeda “A Volta” 2017. Atualmente
leciona aulas de teatro nas oficinas culturais da prefeitura de Jandira.

Centro Cultural

A finalidade Centro de Formação Artística “Anna Ponciano Marques”, é
proporcionar aos jovens uma nova oportunidade para que, através das
aulas, eles possam adquirir novos conhecimentos e descobrir profissões.
Além dos cursos profissionalizantes, o Centro Cultural oferece outras
atividades como Balé, Violão (nos níveis iniciante, intermediário e
avançado), Teclado (também para iniciante, intermediário e avançado),
Dança de Rua, Dança, Teatro, Capoeira, Percussão, Desenho Artístico,
Pintura em Tecido, Informática, Viola (para iniciante, intermediário e
avançado), Baixo Elétrico, Criação de Brinquedos Lúdicos, Adesivos e
Joias de Unhas, Banda Marcial
Gradativamente, o Centro Cultural vem atraindo mais alunos em seus
diversos cursos oferecidos, diariamente, chegando a atender mais de 500
pessoas, mensalmente.
No Centro Cultural, os jovens recebem nas aulas de formação artística e
profissionalizantes, lanches, frutas e uniformes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *