Abandonada, família que teve casa atingida por ônibus passa necessidade no Gonzaga

O Site de noticias São Carlos Agora inicia campanha para que tenham alimentos e fogão, nós do Guia informativo De Tudo Um Pouco Ibaté abraçamos essa causa.

Abandonados pela empresa Viação Araçatuba, pelo Poder Público e ainda vítima da ação de ladrões. Se não fosse vizinhos, estariam passando por necessidades. Até fome. Diante de tamanho drama, O São Carlos agora iniciou uma campanha para ajudar a família nesse momento desesperador, e nosso site apoia e pede a ajuda de todos.

Esta é a situação atual de Luís Carlos Barbosa, 49 anos, agente de saúde; de Cassiane Aparecida de Lima, 35 anos, do lar; e dos filhos Ludmila, 12 anos e Diogo, 7 anos.

Residentes da rua Aparecida Basílio de Camargo Silva, no Jardim Gonzaga, a família passa por sustos e desgostos desde a madrugada de segunda-feira, 30.

Por volta das 4h, um menor infrator perdeu a direção de ônibus que havia furtado em Ribeirão Bonito e despencou com o veículo em cima da casa da família. A residência foi interditada pela Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social conseguiu um hotel para que pais e filhos ficassem hospedados provisoriamente até quarta-feira.

Entretanto, ladrões entraram na casa e furtaram duas TVs, um botijão de gás e toda a alimentação da família. O crime aconteceu de terça-feira, 2, para quarta-feira, 3.

Com medo de novos saques, Luís Carlos e Cassiane retornaram para a casa onde dormem em meio ao pó e frio. Os filhos, na casa de uma vizinha, que fornece a alimentação diária.

ABANDONADOS

Desde o dia do fatídico acidente que traumatizou Ludmila, uma vez que a menina de 12 anos dormia no quarto próximo aonde o ônibus caiu, a vida da família sofreu uma guinada.

“A gente dormia, quando fomos acordados por um barulho ensurdecedor”, disse Cassiane. “Desde então tudo se transformou”.

Ela disse em entrevista que a empresa de Araçatuba, que prometeu ressarcir os estragos causados pelo acidente, sumiu. A Prefeitura Municipal também não deu o apoio necessário. Nem mesmo os vereadores.

“Estamos sozinhos nessa”, comentou.

Segundo ela, hoje a família vive sem recursos.

“Meu marido está sem dinheiro e não temos alimento em casa para manter nossas crianças. Se não fosse a ajuda de vizinhos iriamos passar fome”, afirmou.

A CAMPANHA

Atenção Ibaté, São Carlos e região, faça, parte da corrente do bem. Cassiane disse que necessita de alimentos para seus filhos e poder iniciar novamente a vida. Além de um fogão (já que o que tinha foi atingido pelo acidente), um botijão de gás, uma TV pequena e alguns brinquedos para seus filhos, já que os que eles tinham também foram furtados.

“Não temos dinheiro e teremos que reconstruir a cozinha, a área de serviço e parte do quarto da Ludmila, que foram atingidos pelo ônibus. Meu marido busca pessoas que possam doar algo. Mas está difícil. Por isso estamos pedindo essa ajuda, pois se não arrumarmos nossa casinha e ficarmos aqui, pessoas sem coração virão e irão furtar de novo. Desde já agradecemos a todos e que Deus dê em dobro todo esse carinho e essa atenção”, finalizou Cassiane.

Quem puder ajudar, basta entrar em contato pelo fone 99458-1570 (Daiane).

(São Carlos Agora)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *