Altas médicas superam internações em SP pela 1ª vez em 50 dias

Coordenador do Centro de Contingência usou as redes sociais para publicar informação e alertar para cuidados nos próximos dias

O Estado de São Paulo voltou nesta terça-feira (6), após 50 dias, a ter o número de novas internações em UTIs (unidades de tarapia intensiva) menor do que a quantidade de altas. A informação foi publicada pelo coordenador-executivo do Cento de Contigência de Combate ao Coronavírus do Governo de São Paulo, João Gabbardo, nas redes sociais.

“Começa a reduzir a pressão sobre o sistema de saúde. Mas, todo cuidado nos próximos dias é extremamente importante”, escreveu Gabbardo.

De acordo com o Governo de São Paulo, na última segunda-feira (5), 29.510 pessoas com covid-19 estavam internadas no Estado, sendo 12.963 em leitos de UTI e outras 16.547 em enfermaria, quando as taxas de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva estavam em 90,7% no Estado e de 90,6% na Grande São Paulo.

Conforme as atualizações desta terça-feira, desde o início da pandemia, São Paulo já registrou 78.554 mortes e 2.554.841 casos. Nas últimas 24 horas, ainda conforme os dados do governo paulista, houve confirmação de 22.794 casos e 1.389 óbitos por covid-19.

(R7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *