Folia de Reis encerra “Natal de Luzes e Sons Ibaté 2019” na noite desta segunda-feira (06)

Tem encerramento na noite desta segunda-feira, 06, a programação do
“Natal de Luzes e Sons Ibaté 2019”, com a tradicional Folia de Reis. O
evento acontece a partir das 20h, na Praça Central de Ibaté.

A Companhia Folia de Reis – Adoração dos Magos, coordenada pelo senhor
Manoel Luiz Filho, é quem vai comandar as apresentações na cidade. “Uma
tradição que passa de pai para filho, de geração em geração,
representando a ida dos Reis Magos ao encontro do Menino Jesus”, contou
Manoel.

Além da Cia ibateense, o Grupo Folclórico Congada e Tambu de São
Benedito Rioclarense, coordenado por Nordilia Paulo, também confirmou
presença nos festejos. Formada por 30 integrantes, do sexo masculino e
feminino, sendo negros e brancos, a Congada e o Tambu teve início em Rio
Claro, na década de 70. Após uma temporada esteve desativada, somente o
Tambu continuou e a Congada tinha algumas apresentações esporádicas.
Voltou a se integrar e manteve atuante no ano 2000. Sua primeira
apresentação pública foi em Aparecida (SP) e daí pra cá tem visitado
várias cidades do estado de São Paulo, conforme os convites recebidos.
José Luiz Parella, prefeito de Ibaté, convida toda a população para
prestigiar o encerramento do evento turístico que se tornou tradição na
cidade e que, mais um ano, foi sucesso de público, reunindo milhares de
turistas de toda a região e a população ibateense. “Foi mais uma edição
de muito sucesso, superando nossas expectativas. Tudo transcorreu com
segurança e de forma organizada. Agradeço todos os servidores públicos
envolvidos, Guarda Municipal, Polícia Militar, aos artistas que se
apresentaram, enfim, estou muito feliz com o resultado e convido todos
para o encerramento que acontece na noite de hoje”, finalizou.
Folia de Reis

Folia de Reis ou Festa de Santos Reis é uma manifestação de tradição
católica, cultural e festiva, classificada, sobretudo no Brasil, como
manifestação folclórica, comemorativa da festa religiosa da Epifania do
Senhor ou Teofonia, caracterizada por celebrar a Adoração dos Magos ao
nascimento de Jesus Cristo.

A denominação fala dos festejos entre o natal e o Dia de Reis e diz
respeito tanto ao cortejo de pedintes, cantando versos religiosos ou
humorísticos, como os autos sacros, com motivos sagrados da história de
Cristo (…) no Brasil, sem especificação maior, refere-se sempre aos
ranchos, ternos, grupos que festejam o Natal e Reis.

Nestes festejos existem elementos musicais com a presença de vários
instrumentos (desde acordeons, violões, violas, cavaquinhos, reco-reco,
caixas, pandeiros, etc.) em que os participantes visitam as casas de
porta em porta com sua cantoria, lembrando a viagem dos Reis Magos para
levar ao Menino Jesus, seus presentes de ouro, incenso e mirra.

Esta manifestação revela a combinação de duas figuras da teologia: a
epifania (como sendo a aparição ou manifestação divina, no caso a
primeira manifestação de Jesus entre os gentios) e a hierofania
(manifestação do sagrado em objetos, formas naturais ou pessoas); reúne,
assim, elementos sagrados e profanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *