Guarda Municipal e Polícia Militar garantem a ordem perto das escolas em Ibaté

Em conjunto com a Polícia Militar, a Guarda Municipal de Ibaté vem trabalhando para manter a ordem nas proximidades das unidades de ensino da cidade, principalmente, na entrada e saída de alunos.

O aumento de efetivo da Polícia Militar e um melhor acompanhamento nas portas das escolas só foi possível graças ao convênio da Atividade Delegada, uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo.

Com a Atividade Delegada, a PM passou a ter um número maior de seu efetivo na cidade e pode dar mais atenção em algumas situações que antigamente tinham que ser deixadas de lado para poder cumprir com as funções de patrulhamento de rotina, entre outras atribuições.

Com mais policiais militares e a guardas municipais no entorno das escolas, os pais dos alunos tem mais tranquilidade e os jovens se sentem seguros. “Os policiais militares e os guardas municipais estão fazendo acompanhamento na entrada e saída das escolas e isso tem trazido maior segurança para nossas crianças e seus pais”, comentou o prefeito José Luiz Parrella (PSDB).

Mesmo não sendo uma obrigação exclusivamente do município, Zé Parrella se preocupa com a segurança da população, por isso, tem buscado alternativas para que Ibaté se mantenha tranquila. “Houve um aumento no efetivo da PM, com a Atividade Delegada, para poder estar presentes na saída das escolas, principalmente, nas estaduais”, apontou o prefeito.

A maior preocupação de Zé Parrella é que os jovens se envolvam com as drogas, o que pode ser um caminho sem volta e que contribui para outros crimes, como roubos e furtos, para manter o vício. “O objetivo é garantir que as crianças fiquem longe das drogas e de qualquer tipo de aliciamento que possa ocorrer”, disse o prefeito.

Também com a Atividade Delegada, os policiais militares estão auxiliando nas mais diversas funções cotidianas, desde segurança até fiscalização. A implantação do programa em Ibaté também contribuiu para o combate do funcionamento irregular ou ilegal de comércios e das atividades que gerem poluição sonora em regiões críticas, além de operações em bares e outros pontos da cidade.

Atividade Delegada

Criada em 2009, a Atividade Delegada é um convênio entre Estado e os municípios, com o objetivo de permitir a utilização de policiais militares, em dias de folga, no policiamento ostensivo e no apoio às prefeituras nas atividades de fiscalização que são responsabilidade do município.

A participação na Atividade Delegada é voluntária e os PM’s só podem trabalhar até 96h por mês nessa função. Para os policiais, a atividade é uma oportunidade para complementar a renda, uma vez que, são remunerados pelas prefeituras pelo serviço.

Os policiais que participam da Atividade Delegada cumprem escalas feitas pela PM, usam farda, viaturas, arma e colete de proteção da corporação e estão completamente protegidos diante de qualquer situação de risco, inclusive com seguro e assistência médica.

Para a população, o benefício está na redução da criminalidade. A presença ostensiva de policiais militares nos locais da Atividade Delegada, além de inibir o comércio clandestino, também evita a prática de crimes como roubos e furtos.

Em algumas regiões da capital paulista, por exemplo, onde a Atividade Delegada funciona há 14 meses, os números de ocorrências criminais foram reduzidos em até 80%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *