Jovem alega que médico levantou sua calcinha na UPA Central de Araraquara

Na noite da última quarta-feira (16), uma jovem de 20 anos, acusou um médico de 44 anos, de assédio sexual, na UPA Central de Araraquara. 

A jovem relata, por volta das 19:30, foi até a unidade de saúde para retirada de um exame, e durante o atendimento médico, o profissional teria passado a fazer perguntas de foro intimo. Ainda segundo a jovem, o médico teria tocado na cintura e teria levantado sua calcinha.

O médico nega todos os fatos, e inclusive relatou para a reportagem que nem saberia quem era a paciente que estava fazendo a acusação.

”Amigo, nem sei o que está acontecendo e nem quem é a paciente.” Relatou o médico 

SECRETÁRIA DE SAÚDE

O portal Araraquara24horas, conversou rapidamente com a secretária de saúde, Sra Eliana Honain, que informou que de imediato o médico será afastado de suas atividades, e que um processo administrativo para apuração dos fatos deve ocorrer imediatamente, e que até tudo ser finalizado o médico ficará fora dos atendimentos municipais.

ATENÇÃO.

Os dados do médico e da paciente serão preservados, pois nem a paciente nem o médico autorizou a divulgação.

(Araraquara 24 Hrs)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *