Motoboy que trabalha com perna fraturada na PB comove internautas e ganha vaquinha

A história de um motoboy, flagrado trabalhando de muletas em João Pessoa (PB), comoveu internautas por todo o Brasil. Alex da Silva, 35 anos, sofreu uma fratura em um acidente de moto há três meses e, mesmo ainda se recuperando, precisou voltar a trabalhar para não faltar comida em casa.

De acordo com os médicos que operaram Alex, seu repouso deveria ser de, pelo menos, seis meses. Ao invés disso, o motoboy já voltou às ruas, mesmo que de muleta, para realizar suas entregas.

O rapaz precisa do seu apoio para sobreviver em tempos tão difíceis.

Alex da Silva e dona Eliane têm tentado de tudo para levar comida para casa em tempos de pandemia. Foto: reprodução/VOAA

Acidente aconteceu durante o trabalho

Alex quebrou a perna em três lugares ao se chocar com um caminhão quando deu passagem para um carro. Ele estava a caminho de uma entrega no momento em que ocorreu o acidente.

O motoboy mora em uma casa com sua esposa, a dona Eliane, dois filhos de 4 e 7 anos, além de sua enteada, que sofre de paralisia cerebral. E ainda paga a pensão de seus dois filhos do último casamento.

Para piorar tudo, dona Eliane não tem conseguido encontrar serviços de diarista para trabalhar durante a pandemia. A situação desta família não está nada fácil 😔

Foi após conhecer as dificuldades deste paraibano que a VOAA abriu uma vaquinha para que todos da nossa rede de solidariedade possam contribuir. O valor arrecadado servirá para que o motoboy consiga se recuperar de suas fraturas em casa, sem precisar arriscar a vida fazendo entregas.

(Razões Para Acreditar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *