Mulher morre em córrego após sair para comprar remédios para o pai

Corpo de Roseli de Lima, de 38 anos, foi encontrado por seguranças da empresa para a qual a correnteza a levou; pai da vítima lutava contra o câncer

Uma mulher morreu após ser arrastada pela correnteza de uma enchente em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, na quarta-feira (8). Ela havia saído para ir à farmácia e comprar remédio para o pai, que luta contra o câncer.

O corpo de Roseli de Lima, de 38 anos, foi encontrado por seguranças da empresa para a qual a correnteza a levou. Eles tinham sido avisado por moradores que uma mulher caiu e foi levada pela enchente. 

Um pedreiro que estava na rua no momento em que Roseli foi levada pela água afirmou à reportagem que chegou a alertá-la para não atravessar a rua. Mas, segundo ele, a mulher seguiu seu caminho e, após atravessar, foi levada por um redemoinho de água próximo à calçada.

Após a morte da filha, a mãe de Roseli passou mal e acabou sendo hospitalizada. No momento em que ela foi levada pela chuva, o pai e os irmãos não estavam em casa.

Em conversa com a reportagem, Juliana da Silva disse que foi até a casa da amiga em busca de informações. “Vim na esperança de não ser verdade”, disse Juliana, consternada após ter a confirmação da morte.

Segundo ela, Roseli era uma mulher discreta, estava desempregada e ajudava a cuidar do pai, que está doente e luta contra o câncer. “É difícil… difícil perder uma amiga assim”, disse ela.

O corpo de Roseli está no IML de Suzano, onde passa por exames necroscópicos.

(R7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *