Três novos Guardas Municipais de Ibaté passam por formação

Guardas já foram contratados e estão na primeira fase do curso de
formação. Ibaté está oferecendo formação, também, para quatro novos
agentes de Brotas

A Prefeitura de Ibaté fez a contratação de três novos agentes, para
compor a Guarda Civil Municipal (GCM) da cidade, que já estão em curso
de formação. Com essa contratação, que faz a reposição do efetivo da
corporação que sofreu algumas baixas nos últimos anos, Ibaté passa a
contar com 44 agentes.


Com 600 horas de aulas teóricas e práticas, a primeira fase do curso
segue a matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública do
Ministério da Justiça (SENASP). Na sequência, com a segunda fase do
curso, será abordada a parte burocrática relevante para a GM.
Como referência na macrorregião, o município está, também, oferecendo a
formação para quatro novos guardas da cidade de Brotas. O comandante da
GCM de Ibaté, Vitor Reis, explicou que a integração é possível, já que a
grade curricular do SENASP é a mesma para as duas cidades, com exceção
das leis municipais. “Essas leis foram estudadas, separadamente por cada
turma, na primeira semana do curso. Depois disso, seguimos juntos.
Estamos satisfeitos em recebe em nossa cidade e integrar os novos
guardas de Brotas ao curso de formação de Ibaté”.


Na primeira fase do curso, os temas abordados são: conhecimentos
técnicos na área de procedimentos operacionais em segurança pública;
doutrinas institucionais; gerenciamento de crises envolvendo atos
suicidas; o papel da guarda municipal perante a sociedade; polícia
comunitária; segurança de serviços, bens e instalações municipais;
atribuições do poder de polícia no âmbito administrativo; controle de
acesso;  combate, fiscalização e cuidados referente à Covid-19;
escrituração administrativa e ocorrências; atendimento pré-hospitalar;
combate a incêndios; uso progressivo e escalonado da força em controles
de multidão e grandes eventos; defesa e busca pessoal e patrulhamento
motorizado ostensivo.


O Prefeito de Ibaté, José Luiz Parella, lembrou que a eficácia do
processo de formação dos agentes de Ibaté está servindo de referência
para outros municípios e pode ser comprovada na atuação prática dos
profissionais no dia-dia. “Temos agentes mais capacitados, eficientes e
que sabem quais são suas responsabilidades em relação à sociedade
ibateense. São eles que fazem a segurança, a preservação do patrimônio
público e agora, neste momento de pandemia do novo Coronavírus, executam
também ações em favor da saúde pública”, finalizou Zé Parrella.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *