Uso indevido de formol em alisantes de cabelo provoca diversos males à saúde

Exposições constantes podem deixar a boca amarga e causar dor de barriga, enjoo, vômito, desmaio, feridas na boca, narina e olhos, e câncer nas vias áreas superiores, podendo até levar à morte.

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher em Ilha Solteira (SP). Lidiane Ferreira, de 31 anos, passou mal depois de fazer uma escova progressiva, como mostrou o Jornal Hoje na terça-feira (17). A escova progressiva pode ter causado a morte da mulher?

O toxicologista Anthony Wong explica que, muitas vezes, os salões usam clandestinamente o formol para alisar os cabelos. O produto é altamente tóxico e proibido pela Anvisa. “O formol é uma das substâncias mais irritantes, mais agressivas que nós conhecemos. E é uma substância que acaba evaporando. Então, tem a lesão por contato e por inalação”.

No Brasil, o uso do formol não é permitido como alisante capilar, segundo a Anvisa.

O uso indevido de formol em alisantes de cabelo pode causar diversos males à saúde, como: irritação, coceira, queimadura, inchaço, descamação e vermelhidão do couro cabeludo, queda do cabelo, ardência dos olhos e lacrimejamento, falta de ar, tosse, dor de cabeça, ardência e coceira no nariz.

Exposições constantes podem deixar a boca amarga e causar dor de barriga, enjoo, vômito, desmaio, feridas na boca, narina e olhos, e câncer nas vias áreas superiores, podendo até levar à morte.

É possível consultar no site da Anvisa se o alisante de cabelo é registrado e liberado. Veja aqui

(Globo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *