Haddad diz que Brasil é ‘encrenca difícil de administrar’ e que falta dedicação a coisas sérias

Ministro da Fazenda reclama que ‘às vezes, quem está numa posição de poder não está fazendo a coisa certa pelo país’

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comentou neste sábado (15) que administrar o Brasil não é fácil e que o país é uma “encrenca”. Além disso, ele criticou que “às vezes, quem está numa posição de poder não está fazendo a coisa certa pelo país”. De acordo com o ministro, falta dedicação a “coisas sérias que vão mudar a vida das pessoas”.

Haddad participou de um evento em São Paulo promovido pelo Instituto Conhecimento Liberta. Em determinado momento do discurso, ele pontuou que “o Brasil é uma encrenca, não é?”.

“É um negócio difícil de administrar. A todo o momento você fica apreensivo [em Brasília]. Que lei vão aprovar? O que vão fazer? Que maluquice é esse, o que estão falando? Por que eles não se dedicam a coisas sérias que vão mudar a vida das pessoas?”, questionou o ministro.

“Para que essa espuma toda, para criar cizânia na sociedade, briga na família? Por que a gente não foca naquilo que vai mudar a vida para melhor das pessoas?”, continuou Haddad, dizendo também que “quando vamos para Brasília, não dialogamos com o serviço público propriamente dito”. “Vamos nos defender do que está acontecendo.”

O ministro ponderou que “às vezes, quem está numa posição de poder não está fazendo a coisa certa pelo país” e que “isso é a coisa mais triste e difícil de lidar na vida pública no Brasil”.

“Você tem país de ouro, povo de ouro, uma coisa maravilhosa, mas vê que quem pode fazer a diferença nem sempre está pensando em interesse público”, opinou. Do R7, em Brasília Foto: Diogo Zacarias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *