Laudo confirma que blogueira de 13 anos foi estrangulada pelo próprio pai no interior de São Paulo

O laudo dos exames feitos para verificar o motivo da morte da blogueira Geovana Costa Martins dos Santos, de 13 anos, confirmou como causa da morte a asfixia. O pai da adolescente, Sidney Martins, confessou o crime após a polícia encontrar o corpo da menina dentro de casa, em Jacareí, interior de São Paulo, na sexta-feira (10), após ficar desaparecida desde o dia 20 de março. As informações são do R7.

O corpo de Geovana foi enterrado em um cemitério do município no fim de semana. A mãe da menina, Ana Lúcia, chegou a passar mal durante a cerimônia. “Ele é um monstro, um dissimulado e fez de tudo para provar que não foi ele”, relatou em entrevista à Record TV.

Antes de ser descoberto, o pai da menina foi à polícia e realizou um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento dela, informando que Geovana teria ido para a casa de uma amiga e não voltou. Ele chegou até a pedir ajuda ao Cidade Alerta, da Record TV, para encontrar a adolescente.

Após quase um mês de investigação, a polícia descobriu indícios de que a jovem nem sequer teria saído de casa. Quando os policiais foram revistar a residência, Sidney tentou fugir e foi impedido. Pouco tempo depois, os agentes notaram que no quarto do irmão de Geovana havia muito entulho.

Eles cavaram o chão do quarto e encontraram o corpo da adolescente enterrado. O irmão dela, Gabriel Martins, foi preso junto com o pai por suspeita de ajudá-lo no crime. Ele vai responder por ocultação de cadáver. A mãe da blogueira não acredita que o filho tenha ajudado o pai no crime. Ela diz que apenas Sidney precisa se responsabilizar.

O pai de Geovana afirma que teve uma discussão com ela e, sob efeito de cocaína, a matou. Ele deve responder por homicídio duplamente qualificado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.