Pai mata filha de 9 anos asfixiada após descobrir namoro da ex

Um homem de 44 anos foi preso suspeito de matar a própria filha, uma menina de 9 anos, após descobrir que a ex estava namorando. O caso foi registrado na terça-feira (19), em Carapicuíba (SP).

A vítima identificada como Luíza Marques Cardoso foi asfixiada até a morte e o corpo foi encontrado na casa do suspeito. A guarda da menina era compartilhada, os pais terminaram o relacionamento de quase dez anos há aproximadamente oito meses.

Lucinela Marques, mãe da criança, disse em depoimento que conversou por mensagens com o suspeito Gilberto Alves Cardoso e revelou sobre o novo relacionamento. 

Ela afirmou que o homem não usou tom ofensivo ou violento, mas que a criticou. Na terça-feira (19), ela recebeu uma mensagem de Gilberto que dizia: “Lu, prometi para a Pituca [filha do casal] que vamos nos encontrar lá no céu”.

Aproximadamente três horas depois, Lucinela foi informada sobre a morte da filha. O corpo da criança foi encontrado por um tio, que morava ao lado. 

O homem percebeu que a menina não respondeu ao chamado da van escolar e entrou no imóvel para chamá-la e encontrou a menina morta na cama. Ao lado do corpo da vítima, havia uma carta escrita por Gilberto, que continha cunho suicida. 

Gilberto fugiu e foi encontrado na rodoviária de Santos, onde foi preso. O suspeito deve prestar depoimento nesta quarta-feira (20). As informações são do portal Metrópoles.

Foto: divulgação/Polícia Civil- reprodução/Record TV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *