Secretaria de Saúde de Ibaté alerta população nos cuidados com a dengue

A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população para que continue
colaborando no sentido de evitar a proliferação do mosquito Aedes
Aegypti na cidade de Ibaté.

Os dados divulgados nesta terça-feira (12) mostram que o município tem
22 casos confirmados, atualmente, das 104 notificações registradas.
Outras três aguardam resultados de exames.
A secretaria adjunta da Saúde, Elaine Sartorelli Breanza, reforça o
pedido. “Temos uma pandemia de Coronavírus [Covid-19] no país, mas temos que manter o foco e cuidar para que os casos de dengue não se tornem uma grande preocupação no município”, relatou.

Paula Fiorani, enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica,
relata que a proliferação do mosquito é altamente evitável, se todos
tomarem os cuidados necessários. “A dengue é uma doença totalmente
evitável. Se todos fizessem a sua parte, eliminando os criadouros do
mosquito, não teríamos sequer casos da doença”, afirmou.

A enfermeira lembra que a liberação do funcionamento de ferros velhos na
cidade também colaborou, significativamente, com o registro baixo no
número de casos da doença. “Muita gente estava estocando recicláveis em
suas residências. Agora, com o funcionamento desses estabelecimentos, a
população consegue vender seus recicláveis, ajudar a renda familiar
nesse momento difícil e colaborar diretamente com a saúde pública da
nossa cidade”, relatou.

*As principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são: *
•       Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
•       Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar
água;
•       Manter caixas dagua bem fechadas;
•       Remover galhos e folhas de calhas;
•       Não deixar água acumulada sobre a laje;
•       Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez
por semana;
•       Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
•       Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
•       Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
•       Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
•       Acondicionar pneus em locais cobertos;
•       Fazer sempre manutenção de piscinas;
•       Tampar ralos;
•       Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
•       Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
•       Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados
semanalmente;
•       Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
•       Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem
esticadas para não acumular água;
•       Catar sacos plásticos e lixo do quintal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *