Centro de Zoonoses de Ibaté continua realizando atendimentos e cirurgias durante a pandemia

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o Centro de Controle de
Zoonoses (CCZ) “João Trevizan” – Canil e Gatil Municipal de Ibaté 
continua realizando atendimentos gratuitos para os animais domésticos da
população ibateense.

Segundo a médica veterinária, Dra. Claudia Boschilia, o local
atende uma média de 120 animais por semana. Ela conta que as consultas
são realizadas das 13h às 17h, durante a semana, menos de quarta-feira e
aos finais de semana.

A veterinária explicou que agora os interessados podem chegar às
13h direto para as consultas e que devem ser respeitadas todas as
medidas sanitárias para o controle do novo Coronavírus. “O atendimento é
feito a partir desse horário por ordem de chegada e seguindo todas as
recomendações sanitárias, sem aglomerações e com o uso obrigatório de
máscara de proteção facial para os donos”.

Além do atendimento, as cirurgias também continuam sendo realizadas
na parte da manhã. “Realizamos os procedimentos cirúrgicos das 8h às
12h, com agendamento prévio”, lembra. “As cirurgias de castração e as
consultas clínicas são gratuitas”, completou.

O CCZ de Ibaté também tem cães e gatos para adoção. Esses animais,
que são recolhidos pela equipe do local, são castrados, vermifugados e
estão com vacinação de raiva anual em dia.  “Os interessados em fazer
uma adoção podem procurar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) “João
Trevizan” de Ibaté pelo telefone 16 3343-7031”, orienta a veterinária.

Além dos serviços realizados no CCZ, todas as quartas-feiras, junto
com a Guarda Civil Municipal da cidade, a veterinária atende denúncias
de maus tratos à animais. “Essas denúncias são feitas pelo site
http://www.ssp.sp.gov.br/depa e, com apoio da Guarda Municipal, a gente
vai checar. Em caso de constatação, são tomadas todas as medidas
cabíveis. Lembrando que maus tratos a animais é crime, de acordo com a
Lei Federal n°. 9.605/98, com pena de três meses a um ano de detenção e
multa, e que qualquer pessoa pode denunciar”, afirmou.

A DEPA é um serviço via internet à disposição da população para
denúncias de crimes ocorridos no Estado de São Paulo. “É necessário
identificar-se para fazer a denúncia e o sigilo dos dados são
preservados, caso o denunciante opte pela privacidade, no momento do
cadastro da denúncia”, explicou Claudia.

A veterinária lembra que as providências tomadas pela polícia e
poderão ser acompanhadas através do número de protocolo que é gerado
após a efetivação da denúncia, juntamente com o número do CPF informado
pelo denunciante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *